quinta-feira, maio 24, 2007

Queria ter Asas

O Véu onde por vezes me abrigo, me desnudo
E sinto o silêncio da madrugada
Nua esvoaço em mim, leve, leve
Num Voo de Seda
Abandono-me
Alheia de mim

15 Comments:

Blogger POETA VAGABUNDO said...

e os teus posts sempre de uma sensebilidade de seda...
beijo vagabundo

12:54 da tarde  
Blogger Pierrot said...

Vai, voa para longe, para onde possas ver tudo, ou então, aquilo que precisas ver.
Bjos daqui
Gostei do post
Eugénio

4:55 da tarde  
Blogger Brain said...

Pela tua leveza,
Penso que não precisarás dessas asas,
Para voares!

Beijo e bom fds

8:01 da tarde  
Blogger Lunatiko said...

doce beijo =:o)

12:49 da manhã  
Blogger Daniel Aladiah said...

Asas suaves... às vezes sem força para que possamos ver as coisas de cima...
Um beijo
Daniel

1:02 da manhã  
Blogger Lunatiko said...

espreita o meu ensaio de blog.
Um beijo e um sorriso =:o)

1:06 da manhã  
Blogger Moinante said...

Então ," Toma um pedaço de mim … "
e leva-o contigo nesse voo de seda .

Votos de um bom fim de semana .

9:08 da manhã  
Blogger Jose said...

Vai não tenhas medo de voar, faz dos teus desejos um mundo de leveza.

Um beijo miúda



Jose

11:42 da manhã  
Blogger Nilson Barcelli said...

Excelente voo de palavras.
Gostei.
Bom fim-de-semana, beijinhos.

3:52 da tarde  
Blogger Nilson Barcelli said...

Mas o teu relógio está maluco...
Ou vives na Califórnia...?

3:52 da tarde  
Blogger ©õllyß®y said...

Se amas é livres, voa...voa pelo ceu estrelado...meu doce beijo

9:13 da tarde  
Blogger Aspásia said...

Volareeeee... an-an
Cantareeee... na-na-na- nan
Nel blu dipinto di blu
Felice di stare là su!...

E QUEM NÃO QUER???

JÁ DESDE A PASSAROLA DO PADRE BARTOLOMEU...

MAS, NARNIA, NÃO TEMOS AS DO CORPO, MAS PODEMOS SEMPRE TER AS DO ESPÍRITO, Q SÃO AS MAIS IMPORTANTES, AFINAL....

BEIJINHO VOLANTE :)*

12:34 da manhã  
Blogger 0.02 said...

Lindo, faz seda na boca


E o véu mais fino é o vôo do vento a acariciar o corpo...

3:25 da manhã  
Blogger Trebor said...

Olá Narnia

Este poema tem algo de "viagem astral"...
a alma evolando-se do corpo, contempla-o das alturas... segundo algumas filosofias yoguis (não que eu acredite em tal)...
Bem abandona-te mas com cuidado... regressa sempre a ti!

Beijos com retorno :)

1:07 da manhã  
Blogger POETA VAGABUNDO said...

:)o mar tem esse feitiço...
beijo vagabundo

6:14 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home