terça-feira, maio 22, 2007

Qietude

Abri a janela, não tanto por o calor me incomodar, mas sim pelo cheiro que a noite traz à Terra.
Agrada-me como as estrelas estão dispostas no céu
E a lua em fase crescente reflectindo luz e sombras, só se ouvem as nuvens.
Não consenti que este "namoro" fosse descoberto pela luz do quarto, levantei-me e apaguei-a
Fiquei imóvel sentindo a noite passar.

6 Comments:

Blogger Brain said...

E se estás a SENTIR a noite a passar,
Estás,
Na minha opinião,
A fazer uma das melhores coisas da vida:
SENTIR!

Muito bom,

Beijo.

6:39 da tarde  
Blogger POETA VAGABUNDO said...

e gostaste?
que sentiste?
beijo vagabundo

6:48 da tarde  
Blogger Jose said...

A sentir a noite a passar, a sentir o cheiro, a esconder o pecado que mora na própria noite.

Belo poema miúda


Um beijo no meio do pecado da noite.


Jose

8:20 da tarde  
Blogger Lmatta said...

gostei
do teu cantinho
parabens
beijos

8:29 da tarde  
Blogger Rafeiro Perfumado said...

E estragaste o serão aos vizinhos, que estavam todos à coca, com baldes de pipocas e tudo... ;)

11:47 da manhã  
Blogger 0.02 said...

Quietinhaaa...narninha...

shhhhh
ao ouvido
:*

3:32 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home