quarta-feira, janeiro 10, 2007

Etérea

Procuro-te para além do meu próprio ser, e de tanto procurar já não sei qual de nós está ausente. Imagino-te sentado num lugar que te leva até ao mar, paro acaricio o teu corpo confundindo os teus olhos com o luar. Na embriaguês do instinto imagino o teu corpo...

4 Comments:

Blogger sentidos said...

Olá Narnia!!

Venho agradecer a tua visita no meu canto, és bem-vinda. Sentidas palavras estas...acompanhadas pela entrega de dois corpos, ao sabor da sensualidade, ao sabor de um desejo. Gostei...

Um Beijo Sentido

2:03 da tarde  
Blogger pensamentos_vagabundos said...

lindas palavras...
beijo vagabundo

6:09 da tarde  
Blogger Marés said...

Olá Narnia

Que boa maré me trouxe a este recanto onde a poesia dos sentidos é transbordante!

Beijo de maresia

:)

1:09 da manhã  
Blogger alquimista said...

A alquimia das palavras no fogo dos sentidos.
Bonito de se ver e de se ler.

Bj

6:14 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home